Gazeta do RN

Notícias/RN

Governo acelera ritmo de obras de restauração e alargamento da RN-233

O Governo do Estado está investindo quase R$ 74 milhões na execução, por meio do Projeto Governo Cidadão.

Governo acelera ritmo de obras de restauração e alargamento da RN-233
Governo Cidadão
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A restauração e alargamento da RN-233, no Alto Oeste potiguar, segue avançando em várias frentes de obra. Ao mesmo tempo em que fazem o alargamento e terraplenagem, os operários também trabalham na base, sub-base e imprimação da rodovia, etapa que consiste na aplicação de material asfáltico sobre a superfície da base concluída, antes da execução do revestimento asfáltico final.

A rodovia passará de seis para sete metros de largura e ganhará um metro de acostamento, mais meio metro de drenagem em cada lado. A obra beneficiará uma extensão de 41 km, do entroncamento da BR-304, passando pelo município de Paraú, até à BR 226, nas imediações do município de Triunfo Potiguar. O Governo do Estado está investindo quase R$ 74 milhões na execução, por meio do Projeto Governo Cidadão e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), com recursos do empréstimo junto ao Banco Mundial. A obra estará concluída em dezembro.

“A construtora está trabalhando com várias frentes ao mesmo tempo, dotando a obra do ritmo que precisamos para cumprir o cronograma previsto. Até o final do ano o Rio Grande do Norte irá contar com uma via em conformidade com os melhores padrões de segurança de estradas, garantindo todas as condições de trafegabilidade aos seus usuários”, destaca o secretário de Infraestrutura e coordenador do Projeto Governo Cidadão, Gustavo Coelho.

A obra da RN-233 não estava inicialmente prevista no plano de aplicações do acordo de empréstimo, mas em face da importância desta intervenção, que atenderá uma população superior a 400 mil habitantes, e após muitas tratativas, foi encaixada nas ações a serem finalizadas até o final de 2022.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é defato.com/home

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem para nossa Central de Atendimento.