Gazeta do RN

Sandro Pimentel segue no cargo até decisão do TSE

sandro-pimentel-deputado-estadual-rn
O deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) deverá recorrer da decisão que cassou seu diploma e deverá acionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Mesmo após a decisão por 5 votos a 2 pela cassação do diploma do deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL), o parlamentar segue no cargo até uma decisão definitiva do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Eleito com 19.158 votos nas eleições de 2018, Pimentel foi o primeiro deputado a representar o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (AL-RN) em toda a história da atuação do partido no estado potiguar.

Na época, ele era vereador da cidade do Natal. Com a vitória para a assembleia, o político deixou a Câmara Municipal da Capital Potiguar, instituição onde estava há alguns anos.

A perda do diploma ocorreu uma sessão realizada tarde desta terça-feira, 30 de julho, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Natal.

O que causou a perda do diploma de deputado de Sandro Pimentel?

Na sessão, foi julgado se o psolista havia captado, de forma ilícita, recursos para sua campanha eleitoral no ano passado. Nos autos, foi analisada a prestação de contas que o parlamentar apresentou à Justiça Eleitoral.

Sandro diz que falta elementos para fundamentar a decisão que lhe tirou o cargo

Em nota divulgada à imprensa e a sociedade, Pimentel afirmou que embora respeite o processo legal, tem a convicção da falta de elementos que justifiquem tal condenação.

O parlamentar disse ainda que disponibilizou o sigilo bancário dele e de seus assessores, para que se apurassem todos os dados necessários para provar que não houve ilegalidade na captação de recursos que foram utilizados na campanha dele nas eleições de 2018.

Professor Robério Paulino é suplente de Sandro Pimentel

Caso o parlamentar entre com um recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e a corte decida por confirmar a decisão do TRE potiguar, o professor universitário Robério Paulino, também do PSOL, deverá assumir o cargo, pois ele é suplente de Pimentel.

Paulo Silva

Jornalista (DRT 2022/RN), potiguar de Natal (RN), escreve na Gazeta do RN desde 2016, e no Toda Disciplina e Rede Sinal, desde 2017. Contato: [email protected]

Add comment