Gazeta do RN

Sabado, 24 de Fevereiro de 2024
Crianet
Crianet

Política

Projeto obriga fabricantes de smartphones a advertir consumidores sobre riscos de uso por crianças

O texto será analisado por três comissões da Câmara dos Deputados

Redação
Por Redação
Projeto obriga fabricantes de smartphones a advertir consumidores sobre riscos de uso por crianças
Vinicius Loures / Câmara dos Deputados
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Vinicius Loures / Câmara dos Deputados
Deputado Dr. Victor Linhalis, autor da proposta

O Projeto de Lei 4362/23 obriga fabricantes de smartphones e tablets a advertir os consumidores sobre os riscos do seu uso por crianças nas embalagens e manuais e também nas peças publicitárias dos produtos. 

Pelo texto em análise na Câmara dos Deputados, deverá ser explicitada a contraindicação absoluta dos produtos para menores de dois anos e o máximo de uma hora diária de uso para crianças entre dois e oito anos. 

Autor do projeto, o deputado Dr. Victor Linhalis (Podemos-ES) cita estudo da Sociedade Brasileira de Pediatria de 2019 intitulado #MenosTelas#MaisSaúde, segundo o qual a exposição prolongada a telas nessas faixas etárias pode causar diversos transtornos. 

Continua depois da publicidade

Leia Também:

Entre eles, atraso no desenvolvimento da fala e da linguagem, efeitos decorrentes da perturbação da rotina de sono (inclusive hormonais), irritabilidade, ansiedade, depressão e dificuldade de fixar a atenção, além dos riscos inerentes à exposição ao conteúdo disponível na rede de computadores. 

“Temos certeza absoluta de que os pais que permitem que seus filhos pequenos utilizem smartphones e tablets pensariam duas vezes caso fossem adequadamente esclarecidos sobre o assunto”, avaliou o parlamentar. 

Tramitação A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Defesa do Consumidor; de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. 

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei
FONTE/CRÉDITOS: Agência Câmara Notícias
Comentários:
Gazeta do RN
Gazeta do RN

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!