Gazeta do RN

ABC de Natal anuncia seis reforços e pode perder Pedro Paulo

Esporte

ABC de Natal anuncia seis reforços e pode perder Pedro Paulo

Os novos jogadores se integram ao grupo de atletas que ontem voltou aos treinos em Ponta Negra.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Com um pé na segunda fase, a diretoria do ABC resolveu reforçar o grupo por atacado e anunciou o acerto com seis jogadores, que devem se apresentar amanhã ao treinador Fernando Marchiori. Estão sendo aguardados o goleiro Dheimison, o zagueiro Afonso e o atacante Lucas Douglas, todos vindo do Oeste, além do meia Guilherme Garré, ex-Betim-MG, o meia atacante Clayson, que atuava no Ituano e mais o atacante Eron, vindo do Sampaio Corrêa-MA.

A chegada do novo goleiro, pode ser um preparativo da diretoria abecedista que recebeu uma proposta do Atlético-GO, que já levou o atacante Kelvin, pelo goleiro Pedro Paulo. Titular absoluto do gol alvinegro, a diretoria não possui interesse em se desfazer do atleta, mas como o interesse dos goianos é real, o presidente Bira Marques sabe que não poderá evitar a saída do jogador se a direção atleticana pagar a multa rescisória exigida em contrato.

"A notícia desse interesse do Atlético-GO por Pedro Paulo chegou ao ABC por intermédio do representante do atleta. Deixamos claro desde o início que estamos dispostos a manter o goleiro no nosso elenco, até porque ele vem realizando uma boa competição. Mas nos dias de hoje não podemos mais afirmar muita coisa dentro do futebol. Se os goianos pagarem a multa rescisória, nós não teremos o que fazer", disse Fred Menezes.

O dirigente falou ainda sobre a situação dos atletas recém-contratados. "Esses jogadores que anunciamos eram os que estavam disponíveis no mercado e que o dinheiro do ABC dava para trazer. Vamos com esse grupo para segunda fase, o de iremos lutar pelo acesso dentro de uma nova competição com muito mais equilíbrio entre as equipes", destacou.

O ABC, com 28 pontos, define a sua classificação no próximo sábado, no Frasqueirão, quando irá enfrentar o São José-RS, necessitando de uma vitória para bater o ponto de corte definido pelos matemáticos para um clube garantir uma vaga na segunda fase. Mas as contratações foram realizadas porque, pelas contas da comissão técnica, com 29 pontos já seria possível conquistar a classificação.

O pacotão de reforços foi uma necessidade para Fernando Marchiori, que dias atrás havia perdido peças como o garoto Thallyson, que sofreu uma intervenção cirúrgica no joelho e está fora do Brasileirão, assim como o volante Patrick. Ambos se machucaram na derrota para o Remo, em Belém do Pará.

Com relação à representação na CBF em desfavor do árbitro Paulo Henrique Schleich (MS), que apitou e assinalou um pênalti inexistente contra o clube potiguar no empate por 2 a 2, contra o Vitória, no Barradão, em Salvador. A diretoria ainda não se posicionou sobre o caso. Parte da cúpula diretiva segue o pensamento do treinador Fernando Marchiori, achando que o ABC deve representar, pois segundo o treinador essa já foi a terceira vez que o Alvinegro saiu prejudicado de campo por erros da arbitragem. As outras duas foram contra o Remo e o Aparecidense, quando os potiguares reclamaram de lances polêmicos. A questão está sob análise do departamento jurídico, que vai definir sobre a viabilidade de apresentar alguma ação.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é tribunadonorte.com.br
FONTE/CRÉDITOS (IMAGEM DE CAPA): Rennê Carvalho
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!