Connect with us

Polícia

Lojas e supermercados são alvos de criminosos em Natal

Published

on

Ainda com a falta de policiamento nas ruas de cidades em todo o Rio Grande do Norte, a estado vem registrando diversas ações criminosas seguidas desde quando os policiais paralisaram o policiamento na última quarta-feira (19).

Além de policiais militares e civis, bombeiros, agentes penitenciários e servidores da saúde aderiram ao movimento. Agentes da Polícia Civil seguem trabalhando em regime de plantão nas delegacias de Natal,  as delegacias de bairros seguem fechadas.

Cento e vinte homens e mulheres da força nacional de segurança pública foram enviados a Natal pelo Ministério da Justiça, a pedido do governador Robinson Faria, e começaram a o patrulhamento neste sábado (23) nas ruas da capital. Além dos agentes enviados neste momento de crise, a cidade já contava com outros 120 da FN, que estão na capital potiguar há cerca de um ano, desde os atentados criminosos ocorridos no ano passado em várias cidades do estado, em represália a instalação de bloqueadores de sinal de celular em um presídio de Parnamirim, cidade na Região Metropolitana de Natal.

Na última terça-feira (19), em Natal, uma unidade da rede de supermercados Nordestão, localizada no bairro do Alecrim, na Zona Leste da cidade, teve o seu setor de telefonia invadido por homens encapuzados que quebraram a vidraça e levaram todos os aparelhos, na frente de clientes e funcionários do estabelecimento que ficaram chocados a presenciarem a ação criminosa.

Ainda no Alecrim, um filial da rede de lojas de eletrodomésticos Rabelo foi arrombada por volta das 4h da madrugada, da última sexta-feira (21) e teve, segundo informações preliminares, furtada vários televisores que estavam expostos dentro do estabelecimento.

O proprietário da loja de autopeças relatou ter tido um prejuízo de R$ 50 mil reais
O proprietário da loja de autopeças relatou ter tido um prejuízo de R$ 50 mil reais. (Foto: Ediana Miralha/Inter TV Cabugi)

Uma loja de autopeças localizada no mesmo bairro foi arrombada, as informações do proprietário da empresa, em entrevista a InterTV Cabugi são de que o furto gerou ao menos um prejuízo de R$ 50 mil reais para a empresa.

O supermercado localizado na Avenida Doutor Mário Negócio, nas Quintas teve as suas portas arrebentadas durante a madrugada
O supermercado localizado na Avenida Doutor Mário Negócio, nas Quintas teve as suas portas arrebentadas durante a madrugada. (Foto: Ediana Miralha/Inter TV Cabugi).

Na mesma madrugada, porém no bairro das Quintas, uma unidade da rede Super Show de supermercados, localizada na Avenida Doutor Mário Negócio, uma das principais e mais importantes vias da capital potiguar por dar acesso a Zona Norte da cidade, foi arrombada por criminosos que usaram um veículo para arrebentar com as portas do estabelecimento. Nos dois casos, os criminosos atiraram para cima para evitar a aproximação de pessoas.

Além de supermercados e empresas atuantes no ramo de autopeças e eletrodomésticos, também foram registrados violência contra lojas de vestuário localizadas nos bairros de Petrópolis e Cidade Alta. Em Petrópolis, região nobre da Zona Leste da capital potiguar, uma loja de roupas teve a sua vidraça quebrada, no shopping CCAB.

No bairro de Cidade Alta, o segundo mais importante centro comercial de rua da cidade, uma unidade da rede de lojas de vestuário Ecológica (foto em destaque), localizada na Rua João Pessoa, também teve a sua vidraça quebrada durante a madrugada. Até o momento, ninguém foi preso pelos crimes.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019 Gazeta do RN. Sem medo de ter opinião, mantido a partir de Natal, Rio Grande do Norte - Brasil