Gazeta do RN - O mais completo portal de notícias do RN

Brasileiro se candidata a ‘príncipe’ de cidade italiana

Seborga

Seborga afirma ser um ‘principado’ que quer se separar da Itália


A comuna italiana de Seborga, que fica na província de Impéria, na região da Ligúria, está prestes a eleger um novo “príncipe” para seu governo. E até um brasileiro se candidatou ao cargo.

Isso porque, a pequena cidadela de menos de 400 habitantes, se autoproclamou um Estado e diz que nunca houve nenhum documento que ligasse a cidade à Itália.

Com isso, o autoproclamado príncipe Marcello I (que tem como nome de batismo Marcello Menegatto), de 39 anos, vai deixar o cargo. O “príncipe”, que é natural de Lecce, está há quase sete anos “no poder”, desde 25 de maio de 2010, e disse que concorreria a um novo mandato “apenas se os cidadãos pedissem”.

As eleições estão marcadas para maio e, além do brasileiro – que não teve a identidade revelada -, há candidatos da Espanha e da Estônia. Os pré-requisitos para o cargo são: morar em Seborga, não ter ficha criminal e conhecer a língua italiana, explica a “ministra” Maria Carmela Serra.

Apesar de ninguém reconhecer a independência da comuna, o “principado” conta com brasão e até moeda própria. Marcello I é o segundo “príncipe” local. Ele sucedeu Giorgio I (Giorgio Carbone), o autoproclamado príncipe.


Com Ansa

Paulo Silva

Escreve na Gazeta do RN desde abril 2016, comunicador, empreendedor e potiguar! Contato: [email protected]

Comentar

PUBLICIDADE

NOTÍCIAS NO SEU FACEBOOK

Faça como seus amigos, curta nossa página e recebas notícias em tempo real no seu Facebook.